28 de fev de 2012

Sejam bem vindos !!!!

Tempo de Drummond
 
"Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante vai ser diferente".

 
Carlos Drummond de Andrade

6 de dez de 2011

INSTRUÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE FICHA CATALOGRÁFICA PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

A Faculdade Apoio orienta, em seu PDI, que seja seguida a norma NBR 14724 da Associação Brasileira de Normas Técnicas cujo título é: Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação. Já a norma, em seu parágrafo 4.1.3.2 orienta:

-" Verso da folha de rosto - Deve conter a ficha catalográfica, conforme o Código de Catalogação Anglo-Americano vigente."
 
O Código de Catalogação Anglo-Americano orienta que a ficha catalográfica apresente as seguintes informações, nesta ordem:

Cutter – Atribuído pela Biblioteca
Sobrenome, Nome do Autor.
Título principal : subtítulo / Nome e Sobrenome do autor. –  Local, Ano de conclusão.
Número de páginas p. : se ilustrado il. (Considere ilustrado se contiver ilustrações relevantes. Tabelas contendo apenas palavras e/ou números não são consideradas ilustrações) ; altura da
encadernação em cm.
Trabalho de conclusão de curso (Grau do Curso) – Faculdade Apoio.

1. Assunto. 2. Assunto. 3. Assunto. I. Sobrenome, Nome do orientador.
II. Universidade Xxxxx Xxxxx. Curso de Xxxxxxxxxx. III. Título.
CDU - Atribuído pela Biblioteca

Deve-se atentar às seguintes orientações:

1. A entrada principal é pelo último sobrenome do autor, caso o autor seja espanhol ou descendente deverá ser pelo penúltimo sobrenome.

2. Iniciar o título abaixo da 3ª letra do último sobrenome do autor, caso haja subtítulo deve iniciar após o título, precedido de dois pontos, em letra minúscula e voltar para 1ª letra do sobrenome do autor.

3. Na descrição física deve constar o número de páginas textuais em algarismos arábicos seguido de “p.”. Se a monografia contiver ilustrações (figuras, fotos, gráficos, etc) deve-se colocar “il.”, e logo depois o tamanho da encadernação em cm.

4. A palavra monografia, dissertação, tese e os assuntos devem iniciar abaixo da 4ª letra e voltar para a 1ª letra do último sobrenome do autor.

5. A CDU e o CUTTER serão fornecidos pela Biblioteca.

6. Os assuntos devem indicar o assunto principal do seu trabalho e apresentarem numeração arábica progressiva. Logo depois, apresentando numeração românica, consta  I. Sobrenome, Nome do orientador. II. Universidade Xxxxx Xxxxx. Curso de Xxxxxxxxxx. III. Título.

7. A palavra Título deverá constar nas pistas de assunto, faz parte da norma.

8. O tipo de fonte deverá ser a mesma utilizada no seu trabalho.

9.O tamanho da ficha deverá ser de 12,5 cm. de largura por 7,5 cm de altura.

Vale ressaltar mais uma vez, a ficha deve ser impressa no verso da folha de rosto, abaixo da metade inferior da página.

Segue exemplo da ficha concluída:





29 de nov de 2011

REVISTA TRIBUTÁRIA E DE FINANÇAS PÚBLICAS V.19, N. 99, JUL./AGO. 2011.

Já se encontra na Biblioteca, disponível pra consulta, a REVISTA TRIBUTÁRIA E DE FINANÇAS PÚBLICAS V.19, N. 99, JUL./AGO. 2011.

Segue Sumário para análise:

SUMÁRIO

O parágrafo único do art. 116 do CTN : norma geral antielisão? 13
Eduardo Cabral Moraes Monteiro

Anterioridade tributária.
71
Julio Pinheiro Faro

Para uma racionalidade metodológica transversal e somativa no direito tributário em perspectiva das celeumas socioambientais.
83
Guilherme Afonso Laskoski

Pressupostos para a análise da constitucionalidade das normas de simplificação tributária.
101
Luana Noronha

O desenvolvimento do sistema tributário brasileiro.
125
Mauricio Coutinho de Almeida

Heurísticas e vieses nas finanças públicas e no direito tributário : delineamentos de uma abordagem behaviorista no Brasil.
161
André Castro Carvalho

Tributação, orçamento e políticas públicas.
187
José Marcos Domingues

Da ilegalidade da exigência da taxa de licenciamento para uso e ocupação de faixas de domínio das rodovias : TFDR em relação às empresas de telecomunicação.
213
José Roberto Camargo

O passado, o presente e o futuro da tributação sobre a movimentação financeira no Brasil IPMF, CPMF e CSS.
225
Rodrigo Caramori Petry

Do regime da execução fiscal na pendência de recurso de apelação interposto em face de sentença que julga embargos do devedor : execução provisória ou definitiva?
277
Ari Timóteo dos Reis Júnior

Estabilidade das atividades econômicas e os efeitos da ação rescisória contra decisão favorável ao contribuinte.
303
James Marins ; André Folloni

Condicionar a fruição da imunidade tributária à edição de um prévio certificado de regularidade viola o espírito daquele direito constitucional?
329
Ananias Ribeiro de Oliveira Júnior

A imunidade tributária de imóveis destinados ao plantio dos vegetais que compõem Chá Ayahuasca.
353
João Paulo de Abreu Peçanha Lós

Imunidade tributária recíproca : conclusões a partir dos arestos do Superior Tribunal Federal.
379
Pedro Germano dos Anjos
 

IBADIRE - Instituto Baiano de Direito Empresarial

Foi lançado o primeiro número do periódico - Revista IBADIRE, do Instituto Baiano de Direito Empresarial, que conta com a participação, como Diretor Secretário, do nosso querido Prof. Dr. Roberto Matos.
Este número do periódico, está à disposição, na Biblioteca para consulta.

UNIVERSITAS - Cadernos de Estudo e Pesquisas Universitas: uma publicação da Associação Santa Lúcia

Já está disponível na Biblioteca, para consulta, o número 6 da UNIVERSITAS -Caderno de Estudo e Pesquisas, periódico voltado para Ciuências Sociais e, cujo tema do presente número é Trabalho & Gestão de Negócios.

Aguardamos sua consulta.

16 mil empresas já criaram sites através do programa Conecte Seu Negócio

Programa é resultado de parceria entre Google e Sebrae.

O programa Conecte Seu Negócio, cujo objetivo é facilitar o acesso de micro e pequenos empreendimentos à internet, anunciou seus primeiros resultados. Através do site, 18 mil domínios foram registrados e mais de 16.5 mil sites publicados, alcançando uma média de 250 por dia.
Segundo dados do Sebrae, entre 2000 e 2010, o número de Micro e Pequenas Empresas aumentou de 4,2 milhões para 6,1 milhões. "A importância de ter uma presença online é fundamental para o desenvolvimento das PMEs", afirma Fabio Coelho, presidente do Google Brasil.

Leia o artigo na íntegra clicando aqui.